Acervo Espírita

 

    A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z 

ESTILO

Baião (2)
Blues (5)
Chorinho (3)
Coral (84)
Dance (12)
Evangelização (309)
Hard Rock (1)
Hino (28)
Infantil (18)
Lenta (741)
Mocidade (187)
MPB (203)
Pop (289)
Prece (44)
Reggae (15)
Regional (1)
Rock (86)
Rock Erudito (5)
Samba (14)
Xote (1)

Atualizações
Sobre o Acervo

FORMULÁRIOS

Incluir músicas
Autorizar músicas


Oração VI

COMPOSITOR: Cenyra Pinto

ÁLBUM: Cenyra Pinto - Vozes do Templo

ESTILO: Lenta ::

Quando a vida te mostra um quadro
Cujo colorido encanta teus olhos
Ou apresenta uma sinfonia
Cujo som deleita teus ouvidos
Te extasias e te sentes pleno de felicidade

Não sabes querido irmão que esses quadros
Estes momentos de enlevo, de êxtase,
Ante a beleza de coloridos e sons são ínfimos
Diante da variedade de beleza que te aguarda
Quando souberes encontrar nos borrões feios e nos sons desarmoniosos
A grandeza de Deus aí oculta

Quando entenderes na linguagem grotesca
Nos seres desprovidos de cultura
Nas trivialidades da vida
O que cada um e cada coisa traz em si
De belo e eloquente

Quando souberes ver nas entrelinhas
E encontrar nos trechos desbotados no livro da vida
O seu sentido oculto e real
Onde a verdadeira sabedoria se esconde
E só se revela para os olhos e os ouvidos
Que já sabem ver, ouvir e entender.

Quando nas lutas cotidianas
Na amarguras e decepções
Puderes compreender a mensagem do Cristo
O convite que ele nos faz
Nessas horas difíceis e angustiosas

Quando enfim souberes colocar o eterno,
O divino no altar do teu coração
E te desligares das atrações
Das ilusões do mundo efêmero

Quanto tudo isto realizares, querido companheiro,
A Terra te parecerá um paraíso
Porque cada é dono da beleza e do poder divino
Que jaz latente em todos
E só após a libertação do mundo enganoso dos desejos
Poderás usufruir de todos esses gozos eternos
E seres feliz realmente
Na alegria e na dor, na riqueza e na pobreza,
Pois conheceste a  verdade que te libertou

(música)
Sinto tanta paz,
No meu coração
Quando com fervor
Fico em oração

Tudo em mim se acalma
Tudo silencia
E então me invade
Tão doce alegria

E neste momento
Tudo em mim é luz
Já não pesa tanto
Esta minha cruz

Já não tenho medo
Volto a ser criança 
Então me embala 
Doce esperança


Sinto então Jesus,

Me estendendo a mão

Quando com fervor

Fico em oração


Você tem a cifra? Envie para acervoespirita@gmail.com

áudio oficial